Aperam South America
English Version Fale conosco
 

 

 

(9/12/2008)
ArcelorMittal Timóteo bate recorde de segurança

Empresa supera marca de 2006 e acumula 71 dias sem acidentes. Conquista é fruto de política integrada, que conjuga ações em diversas frentes

Neste sábado, dia 6 de dezembro, a planta da ArcelorMittal Inox Brasil, em Timóteo, completou 71 dias sem acidentes do trabalho, o que corresponde a 2,2 milhões de homens-horas trabalhadas, superando o recorde alcançado entre 9 de agosto e 17 de outubro de 2006,  com 70 dias sem acidentes Esse resultado abrange empregados próprios e prestadores de serviços, bem como todos acidentes sem perda de tempo quanto com perda de tempo (SPT e CPT). “Trata-se realmente de um marco. É um novo patamar que alcançamos. Essa conquista demonstra como, para todos nós, a saúde e a segurança são prioridades absolutas. O zero acidente é nossa meta permanente.”, ressalta o presidente da Stainless Brazil, Paulo Magalhães.

O desempenho da ArcelorMittal Timóteo  é garantido através da melhoria contínua de seu sistema de Gestão da Saúde do Trabalhador (GST), que orienta a política integrada de saúde e segurança adotada pela Empresa. Dentro desse conjunto de práticas, destacam-se dois programas comportamentais que estabeleceram resultados diferenciados para a Empresa: o Tolerância Zero e a Vigilância Compartilhada. Lançado no final de 2003, a partir do lema “se algo não pode ser feito com segurança, que não seja feito”, o Tolerância Zero reforçou o valor da saúde e da segurança.

Vigilância Compartilhada
A Vigilância Compartilhada, que já era praticada em algumas unidades da ArcelorMittal Stainless Europe, foi lançada na planta de Timóteo durante o Health & Safety Day 2008. A idéia é cada empregado deve cuidar de sua própria saúde e segurança, bem como do seu colega. A partir do seu lançamento, pelo então diretor de Produção e atual presidente, Paulo Magalhães, a ArcleorMittal Timóteo assumiu o desafio de implantar a metodologia em todas as áreas industriais até o Health & Safety Day 2009.

A proposta foi rapidamente assimilada pelas equipes e esse movimento ganhou velocidade. Em apenas sete meses, 117 equipes da Diretoria de Produção aderiram à prática; mais de 2.400 empregados participaram do treinamento comportamental; e 51 cerimônias de implantação foram realizadas. A Empresa ainda produziu o vídeo Sempre juntos pela vida, que visa sensibilizar empregados quanto à importância de aplicar os conceitos da Vigilância Compartilhada no trabalho e também em casa. Em setembro, a Diretoria de Produção da ArcelorMittal Timóteo anunciou a implantação da Vigilância Compartilhada em 100% de suas equipes.

“As ferramentas são fundamentais, mas não trariam resultado algum sem o envolvimento de todos os empregados. É importante destacar também o comprometimento do nosso corpo gerencial, que acompanha as ações de segurança com rigor e procura ser exemplo de comportamento seguro no dia-a-dia”, constata o diretor de Produção, Clênio Guimarães.

Além dessas ferramentas comportamentais, a Gestão da Saúde do Trabalhador (GST) também é composta por práticas de gestão que promovem o ambiente de saúde e segurança da Empresa. Os treinamentos constantes e as reuniões relâmpago/ Kanbam Saúde – praticadas diariamente, antes do início da jornada de trabalho – são exemplos  dessas iniciativas.

O processo de consignação de equipamentos, as análises preliminares de perigo, as campanhas de saúde e os exames médicos também são práticas previstas pela GST.  Também é importante ressaltar as auditorias de segurança, realizadas diariamente pelos gerentes, nos postos de trabalho, com duração de 1h30, logo no início da jornada de trabalho.

 

Atualmente, o sistema de Gestão da Saúde do Trabalhador  está em processo de alinhamento à norma internacional OHSAS 18001. Trata-se de mais uma ação de melhoria contínua da ArcelorMittal Timóteo.

 

Mapa do site Nossos endereços Copyright 2012 - Aperam BNDES